Negritude e a tópica da legalidade no pensamento de Hannah Arendt
Full text PDF

Keywords

Direito, Negritude, Racismo, Subjetividade/
Right, Blackness, Racism, Subjectivity.

How to Cite

de Jesus, C. ., & Felizardo, J. T. . (2022). Negritude e a tópica da legalidade no pensamento de Hannah Arendt: Blackness and the topic of legality in Hannah Arendt’s thought. Europub Journal of Multidisciplinary Research, 3(1), 2–12. https://doi.org/10.55033/ejmrv3n1-001

Abstract

Este texto objetiva analisar as considerações de Hannah Arendt acerca da negritude e as suas relações com o tema da legalidade. Nosso propósito é desenvolver a hipótese de que o preconceito e a discriminação dos negros na sociedade moderna não implicaram em igualdade e liberdade, embora tais princípios encontram-se presentes na legalidade oriunda da Constituição e nas Cartas e Declarações de Direitos. Explicitaremos por meio da abordagem arendtiana como se consolidou a legalidade oriunda das revoluções americana e francesa, e em que medidas não amparam efetivamente, em termos de direitos civis, os negros. Para tanto, será discutido o episódio ocorrido no sul dos EUA, envolvendo uma menina negra, vítima de racismo em Little Rock. Finalmente, no percurso do texto, serão examinadas as questões fundamentais levantadas por Arendt sobre a ideologia do racismo no âmbito do Imperialismo. Abordarmos questões que tange a tópica da legalidade.

https://doi.org/10.55033/ejmrv3n1-001
Full text PDF