Repercussões na dinâmica familiar após o nascimento de um filho em paragem cardiorrespiratória por asfixia perinatal - aplicação do MDAIF: um estudo de caso
Full Text (PDF)

Keywords

enfermeiro de família
MDAIF
família
avaliação familiar
intervenção familiar

How to Cite

de Carvalho , S. da C. C. ., & Cardoso , A. V. P. . (2022). Repercussões na dinâmica familiar após o nascimento de um filho em paragem cardiorrespiratória por asfixia perinatal - aplicação do MDAIF: um estudo de caso: Effects on family dynamics after the birth of a child in cardiopulmonary arrest due to perinatal asphyxia - application of MDAIF: a case study. Europub Journal of Health Research, 3(2), 94–107. https://doi.org/10.54747/ejhrv3n2-005

Abstract

O nascimento de uma criança em paragem cardiorrespiratória (PCR), com possibilidade de risco de vida, gera uma panóplia de sentimentos e emoções nos pais. Estes entram em crise, e o seu futuro passa a ser incerto. Neste sentido, tendo em conta estes pressupostos, delineamos como objetivos: aplicar o Modelo Dinâmico de Avaliação e Intervenção Familiar (MDAIF) e avaliar o impacto dos cuidados de enfermagem numa família em contexto clínico. Metodologia – Estudo de caso, tendo como referencial teórico o MDAIF. Foram realizadas 5 consultas de enfermagem em contexto da Unidade de Saúde e 2 em contexto domiciliário, entre dezembro/2018 e agosto/2019. Foram respeitados os princípios éticos. Resultados – A aplicação do MDAIF permitiu identificar os diagnósticos de enfermagem com necessidade de intervenção (papel parental não adequado, satisfação conjugal não mantida e processo familiar disfuncional), orientando ainda o processo de intervenção, do que resultaram ganhos de saúde no âmbito da satisfação conjugal e do processo familiar, mantendo-se, no entanto, a não adequação do papel parental. Conclusões – É fundamental que o Enfermeiro de Família ajude a família a mobilizar e a otimizar os seus recursos, bem como, a desenvolver estratégias para adquirir novas competências para lidar com o filho com problemas de saúde.

https://doi.org/10.54747/ejhrv3n2-005
Full Text (PDF)